TUDO PRONTO PARA AS FÉRIAS? VÁ E DEIXE O SEU PROJETO CONNOSCO

02 Agosto 2021

TUDO PRONTO PARA AS FÉRIAS? VÁ E DEIXE O SEU PROJETO CONNOSCO

É mesmo a última oportunidade! O último concurso do Portugal 2020 está aberto e as candidaturas encerram às 19 horas do dia 20 de Setembro! Por isso, antes das férias, fale connosco! Nós tratamos do resto.

Os Avisos 12/SI/2021 e 13/SI/2021 destinam-se a candidaturas a projetos de inovação produtiva em atividades inovadoras de produto ou processo e / ou reforço a capacidade de desenvolvimento de novos bens e serviços.

O estímulo ao investimento inovador das PME e grandes empresas está vocacionado para projetos/operações que precisem de apoio numa das seguintes situações:

 

→     Criação de um NOVO ESTABELECIMENTO

→     AUMENTO DA CAPACIDADE de um estabelecimento já existente

→     DIVERSIFICAÇÃO DA PRODUÇÃO de um estabelecimento para produtos não produzidos anteriormente no estabelecimento

→     Alteração fundamental do PROCESSO GLOBAL DE PRODUÇÃO de um estabelecimento existente

Os projetos a apoiar têm uma duração máxima de 24 meses e a despesa elegível total da candidatura terá que ser superior ou igual a 75 mil euros e inferior a 25 milhões de euros.

São custos elegíveis:

 

→     Custos de construção para os sectores Indústria e Turismo

→     Aquisição de Equipamento Produtivo

→     Transferência de Tecnologia

→     Serviços de Engenharia

Os projetos de PME com investimento inferior a 15 milhões de euros são apoiados através de duas componentes autónomas: 50% a fundo perdido e 50% através de financiamento bancário sem juros.

Para Não PME ou projetos com investimento elegível igual ou superior a 15 milhões de euros, o apoio é 100% não reembolsável.

A taxa de financiamento é de 15% para Não PME ou com investimento elegível igual ou superior a 15 milhões de euros, 35% para médias empresas e 45% para micro e pequenas empresas.

As majorações (Territórios de Baixa Densidade, Criação de Emprego Qualificado, Capitalização PME, Prioridades Setoriais, etc) podem ir até 75% para o Norte, Centro e Alentejo (regiões de convergência), 60% para o Algarve e 40% para Lisboa.

Para os territórios de baixa densidade das Regiões NUTS II do Continente (excepto Lisboa) a dotação orçamental é de 145 M€ e para as restantes regiões o montante é de 255 M€.

Não adie as suas férias. Mas antes de arrumar a secretária ou desligar as linhas de produção, fale-nos do seu projeto!

 

Não perca mais tempo. Estamos deste lado disponíveis para fundamentar a sua inovação.