PAPN | CANDIDATURAS ABERTAS PARA A REGIÃO CENTRO

23 Fevereiro 2021

PAPN | CANDIDATURAS ABERTAS PARA A REGIÃO CENTRO

A região Centro de Portugal tem abertos 8 avisos de concurso para a apresentação de candidaturas ao PAPN – Programa de Apoio à Produção Nacional de Base Local.

Abaixo pode validar os territórios de intervenção abrangidos.

 

CENTRO_2020-PAPN

CIM BEIRA BAIXA | AVISO CENTRO-D7-2021-04 | Encerra a 19 de março

Dotação: 5,2 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Castelo Branco; Idanha-a-Nova; Oleiros; Penamacor; Proença-a-Nova; Vila Velha de Ródão

 

CIM REGIÃO DE COIMBRA | AVISO CENTRO-D7-2021-05 | Encerra a 19 de março

Dotação: 4,1 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Arganil; Cantanhede; Coimbra; Condeixa-a-Nova; Figueira da Foz; Góis; Lousã; Mealhada; Mira, Miranda do Corvo; Montemor-o-Velho; Mortágua; Oliveira do Hospital; Pampilhosa da Serra; Penacova; Penela; Soure; Tábua; Vila Nova de Poiares

 

CIM REGIÃO DE AVEIRO | AVISO CENTRO-D7-2021-07 | Encerra a 19 de março

Dotação: 3,3 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Águeda; Albergaria-a-Velha; Anadia; Aveiro; Estarreja; Ílhavo; Murtosa; Oliveira do Bairro; Ovar; Sever do Vouga; Vagos

 

CIM VISEU DÃO LAFÕES | AVISO CENTRO-D7-2021-08 | Encerra a 19 de março

Dotação: 8 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Aguiar da Beira; Carregal do Sal; Castro Daire; Mangualde; Nelas; Oliveira de Frades; Penalva do Castelo; Santa Comba Dão; São Pedro do Sul; Sátão; Tondela; Vila Nova de Paiva; Viseu; Vouzela

 

CIM REGIÃO DE LEIRIA | AVISO CENTRO-D7-2021-09 | Encerra a 19 de março

Dotação: 4,6 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Alvaiázere; Ansião; Batalha; Castanheira de Pera; Figueiró dos Vinhos; Leiria; Marinha Grande; Pedrógão Grande; Pombal; Porto de Mós

 

CIM OESTE | AVISO CENTRO-D7-2021-10 | Encerra a 31 de março

Dotação: 4,3 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Municípios de Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras

 

CIM MÉDIO TEJO | AVISO CENTRO-D7-2021-11 | Encerra a 31 de março

Dotação: 7,6 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha

 

CIM BEIRAS E SERRA DA ESTRELA | AVISO CENTRO-D7-2021-12 | Encerra a 31 de março

Dotação: 5,8 M€ | Indústria (CAE 05 a 33): 66,66% / Outras CAE: 33,33%

CAE Elegíveis: Indústrias Extrativas (CAE 05 a 09) / Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33) / Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551) / Turismo no espaço rural (CAE 55202) / Parques de campismo e de caravanismo (55300) / Restauração (561) / Organização de atividades de animação turística (93293) / Poderão ser apoiados neste AAC projetos de 2.ª transformação de produtos agrícolas em não agrícolas

Investimento: Mínimo: 20 K€ | Máximo: 235 K€

Taxa de financiamento: 40% territórios do interior / 30% nos restantes territórios | Majoração: 10 p.p. “Transição digital” / 10 p.p. “Economia Circular” / 10 p.p. “Estratégias de eficiência coletiva” / 10 p.p. “Produtos turísticos integrados de base intermunicipal” / 5 p.p. Investidor da Diáspora

Territórios abrangidos: Municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso

As despesas elegíveis são:

→ Custos de aquisição de máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte

→ Custos de aquisição de equipamentos informáticos, incluindo o software necessário ao seu funcionamento

→ Software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa

→ Custos de conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções

→ Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de «Software as a Service», criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca

→ Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade, até ao limite máximo elegível de 40 mil euros

→ Estudos, diagnósticos, auditorias, Planos de marketing, até ao limite máximo elegível de 5 mil euros

→ Serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e de certificaçãoaté ao limite máximo elegível de 50 mil euros

→ Obras de remodelação ou adaptação, para instalação de equipamentos produtivos financiados no âmbito deste projeto, até ao limite de 60% do investimento total elegível apurado, desde que contratadas a terceiros não relacionados com o adquirente beneficiário dos apoios, não sendo financiados materiais de construção adquiridos autonomamente

Não perca esta oportunidade.
É importante ser rápido na decisão, considerando que o prazo de submissão de candidaturas é muito curto!

Contacte-nos e conte com a equipa da Multisector na elaboração da sua candidatura.

Informações sobre os avisos PAPN disponíveis noutras Regiões, consulte aqui por favor:

NORTE

LISBOA

ALGARVE