SOMOS “INOVADORES FORTES”

30 Junho 2020

SOMOS “INOVADORES FORTES”

Portugal subiu seis lugares no ‘ranking’ da European Innovation Scoreboard (EIS) em termos de inovação e atingiu a melhor classificação de sempre, sendo agora considerado um país “fortemente inovador”.ranking-inov-EU-big

O anúncio foi feito pelo Ministério da Ciência e Tecnologia que explicou que, de acordo os dados do Painel Europeu de Inovação 2020 divulgado esta semana pela Comissão Europeia, Portugal é agora o 12.º país mais inovador da União Europeia e integra o grupo de países considerados “inovadores fortes”, o segundo mais elevado da hierarquia, do qual fazem parte a Bélgica, Alemanha, Áustria, Irlanda, França e Estónia.

O ambiente favorável à inovação, a atractividade dos sistemas de investigação e a penetração de banda larga, indicadores em que Portugal se encontra acima da média da EU, foram apontados pelo relatório como os principais fatores que colocam Portugal na linha da frente da inovação.

Pelo segundo ano consecutivo o nosso país é líder numa das áreas contempladas – inovação nas pequenas e médias empresas – tendo em conta indicadores que exprimem a percentagem destas empresas com inovação de produtos ou de processos, de estratégias de marketing ou organizacional diferenciadoras e PME inovadoras que colaboram com outras PME.

Outro dado que ressalta do relatório é o facto do desempenho da União Europeia (UE) em matéria de inovação ter vindo a melhorar desde há cinco anos consecutivos e, pela segunda vez, a inovação na Europa superar a dos Estados Unidos, da Rússia e da China.

No entanto, foram deixados alguns alertas: a UE tem de fazer mais progressos para se aproximar dos líderes de inovação a nível global, designadamente Coreia do Sul, Austrália e Japão, grupo do qual tem vindo a distanciar-se, e estar atenta ao desempenho da inovação na China que cresceu mais de cinco vezes do que a União Europeia desde 2012.

Com o objectivo de colocar a UE na vanguarda da investigação e da inovação a nível mundial a CE tem já em negociação com os estados membros o Horizonte Europa, o novo programa-quadro para apoio à investigação científica e à inovação na União Europeia para o período 2021-2027. Espera-se que o Horizonte Europa seja o ambicioso programa de Investigação e Inovação de sempre.