PORTUGAL 2020: É HORA DE RAPAR O TACHO!

10 Dezembro 2019

PORTUGAL 2020: É HORA DE RAPAR O TACHO!

O Executivo decidiu lançar uma operação de “rapa o tacho” para libertar verbas que estejam comprometidas com projectos do Portugal 2020 e que não têm condições para avançar! O objectivo é acelerar a execução do Portugal 2020 que está apenas em cerca de 40%, quando entramos no último ano do programa.

 

hora-de-rapar-o-tacho

O que está, então, em causa? Identificar os projetos que se encontrem numa das três seguintes situações:

a) com decisão de financiamento, mas que não assinaram o Termo de Aceitação num período de 90 dias;

b) com o Termo de Aceitação assinado nos últimos 12 meses, mas que não executaram mais de 10% do investimento aprovado e

c) tendo mais de 10% em execução nos últimos 12 meses, não tiveram qualquer acréscimo de despesa.

Os promotores vão ter 30 dias para tentar justificar as razões dos atrasos e, se estas não forem convincentes, perdem o direito ao recebimento do incentivo e, caso se aplique, devolvem o dinheiro já recebido.

Esta operação de limpeza, que já é uma prática na reta final de todos os quadros comunitários de apoio, vai libertar recursos para fazer a última reprogramação do Portugal 2020 e para que no final do programa, Portugal não tenha que devolver nem um cêntimo à Comissão Europeia.

Se tem um projeto numa destas situações, fale connosco. A nossa equipa de Gestão de Projetos pode ajudar a sua empresa a receber os incentivos contratados.

É também a última oportunidade!

Em 2020 vão abrir os últimos concursos para apresentação de candidaturas ao Portugal 2020! Ainda que os projectos possam ser executados até 2023, não será possível submeter nenhuma candidatura depois de dezembro de 2020.

Para os empresários que pretendem avançar com a modernização e qualificação das suas empresas, internacionalizar o seu negócio ou desenvolver novos produtos ou serviços com o apoio dos fundos estruturais, está na hora de falar connosco! A julgar pela experiência passada, na transição do anterior quadro comunitário (QREN), poderá significar aguardar até final de 2021, ou mesmo 2022 para que sejam lançados os primeiros novos concursos.

Melhor não esperar para amanhã, o que pode fazer hoje.
Contacte-nos!

 

Cláudia Martins
Gestão de Projetos