COMO DAR IMPULSO A UM FABRICANTE DE MOLAS?

30 Junho 2017

COMO DAR IMPULSO A UM FABRICANTE DE MOLAS?

md-springs

A MD Springs resulta da vontade de dar continuidade a um legado familiar, com mais de 30 anos de atividade, na área da fabricação de molas. Atualmente, a empresa está organizada em 3 áreas: Comercial, Administrativa e Produção, às quais estão afetos 8 recursos humanos. Apesar da sua reduzida dimensão, o registo da atividade da empresa é efetuado de forma rigorosa, em virtude da diversidade de produtos.

 

Neste contexto, a produção e o orçamento afirmam-se como atividades críticas para a sustentabilidade da MD Springs. Como tal, a direção decidiu abraçar o desafio de disciplinar a empresa e os colaboradores, recorrendo ao Controlo de Gestão e às vantagens inerentes à sua implementação. Destas vantagens evidencia-se o acesso privilegiado e em real time a informação crucial sobre o desempenho da empresa, passível de ser analisada, e fundamentando a tomada de decisão.

A adoção de um sistema de Controlo de Gestão tem subjacente um impacto transversal à empresa não se focando somente no topo da hierarquia. Aquele está sustentado em registo de informação, cujas fontes são os diversos departamentos que compõem a empresa. Assim, o Controlo de Gestão exige o compromisso e o envolvimento de todos os colaboradores, enquanto stakeholders, em prol da rentabilidade da empresa.

 

Em termos práticos, a implementação do Sistema do Controlo de Gestão na MD Springs traduzir-se-á na adoção de boas práticas em todas as frentes com benefícios imediatos.

 

No departamento administrativo, verificar-se-á uma agilização processual, libertando os recursos humanos implicados para funções de monitorização.

 

Na produção, fomentar-se-á a partilha do know-how produtivo, através da formação on job, elevando as sinergias e a dinâmica decorrentes do trabalho em equipa na sua plenitude. A par desta mudança estrutural, será adotada uma alteração de índole tecnológica, focando-se na gestão da produção. Tal resultará num maior grau de organização, de independência e gestão de tempo intra-departamento, atendendo às prioridades definidas.

O departamento comercial, por um lado, estará munido de informações cruciais para incrementar a sua assertividade na sua infindável missão de efetuar um matching entre a vantagem competitiva da MD Springs e os clientes que efetivamente a valorizam. Por outro lado, será capaz de dar feedback da atividade realizada e, se necessário redefinir o seu target e/ou abordagem.

 

Em suma, o sistema de Controlo de Gestão exige impreterivelmente a existência de drivers como a adequação de ferramentas e o envolvimento dos colaboradores. Assim, a ferramenta, suportada ou não por tecnologias de informação, tem que responder às necessidades identificadas e particularidades da empresa, e os colaboradores deverão oferecer a menor resistência à mudança organizacional que se impõe, levando ao seu envolvimento e responsabilização, como veículos de sobrevivência do sistema de Controlo de Gestão, bem como da sua melhoria contínua.

 

Gostaria de saber mais como a Multisector pode ajudar a sua empresa? Contacte-nos.

FacebookTwitterLinkedInGoogle+